‘O BANQUETE ESTÁ NO MEU CAMINHO’ *

Professor da Universidade da Califórnia em Berkeley, jornalista e autor de sete livros (dentre os quais dois já se tornaram documentários da PBS) que buscam trazer conselhos sobre viver bem e em comunhão com a natureza, Michael Pollan diz que não esperava escrever um livro sobre culinária, mas o fez, e o impacto foi tanto que chegou à Netflix esse ano. Cooked é baseada no livro homônimo (Cozinhar – Uma História Natural de Transformação) do norte-americano, lançado em 2014.

A série é um original da Netflix de quatro episódios, cada um sob direções diferentes, entre elas a de Alex Gibney (Steve Jobs – The Man in the Machine, 2015), co-produtor de Cooked com o próprio  Michael Pollan, e abordando a comida sob perspectivas diferentes baseadas nos quatro elementos : Fogo, Água, Ar e Terra.

cooked-5

Assim como o livro, o espectador será apresentado ao argumento de Pollan sobre a importância do retorno a cozinha para que o sistema alimentício dos Estados Unidos seja mais saudável e sustentável. Trazendo à  tona reflexões sobre a comida, o que é e o que significa cozinhar, além de abordar a evolução da mesma, que acompanha  história da humanidade, e por isso está entre natureza e cultura.

“Cozinhar nos conecta com a natureza, com nossos corpos. É importante demais em  nosso bem estar para terceirizar.” – Michael Pollan

Com visuais incríveis que vão de terrenos aborígenes da Austrália, ao sul dos EUA, da Índia ao Marrocos, Peru, Califórnia, entre outros, e cozinheiros, cientistas, amadores que adoram a cozinha, lavradores, e até mesmo freiras são convidados para enriquecer a série e torná-la ainda mais “iluminadora”, abrindo as mentes para uma nova visão sobre a comida.

Um brasileiro que assista a série pode sentir um certo exagero da parte do autor, no entanto, deve-se levar em consideração que o apelo é voltado para um povo de realidade diferente, apesar de ser universal, uma vez que basta ligar a televisão no Masterchef Brasil para que uma avalanche de tweets como “sei nem fritar ovo” venha com força. Parece irônico que se passe mais tempo assistindo outros cozinharem do que no preparo da própria comida. Por que isso acontece? Segundo a professora de culinária de Pollan, Samin Nosrat, a impressão que se tem é a de que cozinhar atrapalha a vida, quando na verdade esse ato é vida.

cooked-2

Realmente, o contexto atual é propício para a falta de reconhecimento do papel da cozinha na humanidade, e na vida de cada um em particular, e reflexões acerca desse tema levantadas pela série são importantes e necessárias, em termos de sustentabilidade, e de pensamento crítico sobre o significado das relações que foram estabelecidas com a natureza e suas importâncias.

“Não quero convencer as pessoas a cozinhar. Quero atraí-las para a cozinha através do prazer.”- Michael Pollan

Para os que esperam encontrar a riqueza da vida nas situações mais cotidianas, a série Cooked é uma receita que pode ser testada! Arregace as mangas, vista o avental, coloque a música “Le Festin” da Camille Dalmais para tocar, e divirta-se!

*No original : “Le festin est sur mon chemin” (Le festin – Camille Dalmais)
Ficha Técnica

cooked-3
COOKED– TEMPORADA 1
Distribuidor/Produtora:  Netflix
Gênero: Documentário
Classificação Etária: 10 anos
Data de Lançamento: 19 de Feveriro de 2016
Tempo de Duração: 4 episódios de 50 minutos
Direção: Alex Gibney
Roteiro: Michael Pollan
Produtores: Alex Gibney, Michael Pollan
Elenco:  Michael Pollan e convidados

Sinopse: 
O aclamado escritor e ativista da alimentação põe a mão na massa, na carne e na fermentação, mostrando como cozinhar transforma o mundo em que vivemos.

NETFLIX | COOKED
Direção
Roteiro
Elenco
Fotografia
Efeitos Visuais
Trilha Sonora
4.2Pontuação geral
Avaliação do leitor: (0 Votos)

Comentários

comentários