Mulher-Maravilha continua deixando sua marca na história do cinema. A primeira adaptação aos cinemas da heroína amazona não só vem arrecadando milhões em bilheteria – superando até mesmo grandes filmes tanto da Marvel como da própria Warner -, mas também vem deixando sua marca no que diz respeito ao espaço feminino na Indústria Cinematográfica.

Isso porque, segundo a Variety, o filme dirigido por Patty Jenkins (Monster – Desejos Assassinos, 2003) se tornou live-action dirigido por um mulher com maior faturamento da história, superando os US$ 609 milhões feitos por Phyllida Lloyd e seu Mamma Mia! (2008). Mulher-Maravilha ainda pode bater mais um recorde e se tornar o maior filme dirigido por uma mulher, atualmente pertencente a Kung Fu Panda 2, da diretora Jennifer Yuh Nelson.

Mulher-Maravilha estrela Gal Gadot no papel da heroína amazona e Chris Pine como seu interesse romântic. A personagem será vista novamente em Liga da Justiça, em Novembro.

Comentários

comentários