“Era pra ser engraçado”

Vizinhos foi um sucesso de bilheteria, custando 18 milhões e lucrando cerca de 268. Na história, Seth Rogen e Rose Byrne mediam forças contra Zac Effron, que liderava uma república estudantil contra um casal moderninho que se mudava para a casa ao lado. Com um humor algo afável e algo escatológico, o filme de Nicholas Stoller fez sucesso o suficiente para que uma sequência fosse garantida.

E ela chegou, cheia de boas intenções. Na história, agora ao invés de Efron, o papel de antagonista do casal Rogen-Byrne cabe a Chloe Grace Moretz, uma das grandes estrelas juvenis dos últimos anos. A personagem de Moretz é uma estudante que acabou de começar na faculdade e enfrenta um sério problema logo quando vai escolher uma sororidade: as irmandades femininas não podem ter festas, ao contrário das fraternidades.

Neighbors 2

Isso é um problema real: jovens universitárias, se quiserem se divertir, são proibidas de darem festas e só podem ir em comemorações de fraternidades onde a objetificação sexual é grande. Sua resposta, junto com três amigas, é fazer uma sororidade diferente, que dá festas, que não pressiona uma sensualização exacerbada e convida todas as garotas a se divertirem sem se preocuparem com aprovação dos homens.

Byrne-Rogen voltam como os vizinhos que estão tentando se mudar e que precisam passar 30 dias em caução pelo casal que irá comprar a casa; um grande problema quando a casa ao lado é palco de festas que varam a noite com muito barulho. Não demora muito até que os dois núcleos entrem em rota de colisão, com Zac Efron primeiro servindo às garotas, sendo mentor da sororidade, sendo então logo dispensado e assumindo posto de adversário, motivado a tirar elas de qualquer maneira.

Neighbors 2

Mas é isso, apesar da intenção válida de falar de um problema social que ocorre com frequência. Tudo o que tinha de interessante no primeiro filme não se repete aqui e tudo que era de ruim se exacerba aqui. Para quem acompanha a carreira de Seth Rogen, apesar de ele sempre tentar se superar em piadas infames e politicamente incorretas, Vizinhos 2 não oferece nada de diferente. A cena inicial é praticamente um resumo daquela geração de adolescentes estilo American Pie, que cresceu, vestiu uma roupa social e foi trabalhar: ao mesmo tempo, mescla erotismo, nojeira e companheirismo. Mas assistir isso pela décima ou vigésima vez já não é mais interessante – ainda mais que já tivemos resultados bem melhores, como Ligeiramente Grávidos, Pagando Bem… Que Mal Tem? e É o Fim.

ZACK_ROGER2

A sororidade é o melhor arco além da questão temática por ser o único que respira algum ar novo: Moretz e suas amigas são engraçadas e realmente alcançariam voos bem mais altos se tivessem um filme só para si ao invés de terem sido encaixadas em uma sequência.

Vizinhos 2 reflete que é um caça-níquel preguiçoso o tempo todo: só faz repetir a história do filme anterior trocando os personagens, tem raras piadas engraçadas e poucas sacadas visuais do diretor que realmente valem a pena, seguindo uma cartilha videoclipesca extremamente derivativa e genérica do cinema atual. Mas com certeza irá ter gente que vai assistir e gostar. Seth Rogen e humor negro tem seu público cativo, gente que não enjoa das produções do autor e congêneres. Tudo que gente como Judd Appatow e Evan Goldberg fizeram com mais excelência – os filmes a ver com muita maconha fumada, baixaria imatura pretensamente adulta e companheirismo estilo “brodagem” quase tão importante quanto a vida romântica de seus personagens – está aqui, mas diluído, fraco, sem fôlego. Se esse tipo de filme ainda tem fôlego, só a bilheteria, o público e o tempo dirão.

 

POSTER

VIZINHOS 2 (NEIGHBORS 2: SORORITY RISING)
Distribuidor/Produtora: Universal Pictures
Gênero: Comédia
Classificação Etária:
Data de Lançamento: 19 de Maio de 2016 ( Brasil )
Tempo de Duração: 1h 32min
Direção: Nicholas Stoller
Roteiro: Seth Rogen, Evan Goldberg, Nicholas Stoller
Elenco: Seth Rogen (Mac Radner), Rose Byrne (Kelly Radner), Zac Efron (Teddy Sanders), Chloë Grace Moretz (Shelby), Kiersey Clemons (Beth), Selena Gomez (Madison), Dave Franco (Pete), Lisa Kudrow (Dean Carol Gladstone).
Produtores: Lauren Shuler Donner, Simon Kinberg, Bryan Singer, Hutch Parker
SINOPSE:
Com um novo bebê a caminho, Mac (Seth Rogen) e Kelly Radner (Rose Byrne) decidem vender a casa e mudar-se para o subúrbio. Entretanto, uma nova fraternidade, mais estrondosa que seus antigos vizinhos, assumem a casa ao lado. Liderada por Shelby (Chloë Grace Moretz), as meninas do Kappa Nu pretendem mostrar que sabem fazer uma festa bem melhor que os meninos. A fim de que a paz na vizinhança seja restaurada e a venda de sua casa concretizada, Mac e Kelly convocam sua arma secreta: Teddy (Zac Efron).

 

Crítica | Vizinhos 2
Roteiro
Direção
Elenco
Técnica
Pontos Positivos
  • Técnica
  • Entretenimento
Ponto Negativo
  • Roteiro
2.9Pontuação geral
Avaliação do leitor: (0 Votos)

Comentários

comentários