CRÍTICA | TODO DIA (EVERY DAY)
Direção
Roteiro
Elenco
Adaptação
Trilha Sonora
2.6Pontuação geral
Avaliação do leitor: (0 Votos)

 ‘Americanização’ em Todo Dia deixou a adaptação longe do livro.

Baseado no aclamado romance de David Levithan, Everyday (Todo Dia), o longa de mesmo nome tenta passar na adaptação toda questão de gênero e desenvolvimento na adolescência, ainda mais evidente no dia-a-dia atual. Diferente do livro, entretanto, o diretor Michael Suscy (Para Sempre) “americaniza” uma premissa interessante e torna o longa ‘mais um romance aos moldes de Nicholas Sparks’ – não que seja uma coisa totalmente ruim.

Na trama, A. é uma alma misteriosa que habita um corpo diferente todos os dias. Um dia, ele acorda como Justin, namorado de Rhiannon (Angourie Rice), e os dois se apaixonam. A história se desenvolve com os dois tentando arrumar um jeito de se encontrar todos os dias, independente de quem A. seja no dia seguinte ou onde esteja.

Os jovens atores de Todo Dia são os maiores destaques. Michael Suscy, que já tem experiência de sobra com romance, explora sua protagonista com os diferentes A. muito bem. Há alguns bons momentos pingados onde Suscy enquadra seu casal com um cenário bonito no fundo, mas também não passa disso. Todo Dia passa seu tempo só com algumas cenas para celebrar o amor na adolescência, sem se importar com o restante.

E isso é o grande defeito da adaptação para o cinema. Tudo em volta de Rhiannon e A. é caricato e sem desenvolvimento. Subtramas que poderiam ter sido mais exploradas, como a relação dela com os pais, sua irmã mais velha que é o puro estereótipo do irmão mais velho ‘badass’, e seu namorado, significado de ’embuste’. Em Todo Dia, nada se desenvolve ao ponto do espectador acabar se identificando com Rhiannon ou outro personagem – e quando há uma boa chance disso acontecer, eles cortam a cena.

TODO DIA

A ‘americanização’ em Todo Dia deixou a adaptação longe do livro. Aos moldes de Nicholas Sparks, Michael Suscy dirige para os jovens um filme que utiliza quase todos os artifícios emocionais (se é que alguém sentiu) destes filmes de romance americanos para fazer as pessoas se emocionar. Todo Dia até ameaça começar uma reflexão sobre gênero e o amor independente da forma física, mas não começa uma fogueira, só faz uma faísca.

Ficha Técnica

TODO DIA (Everyday, 2018)
Distribuidor: Paris Filmes
Gênero: Romance, Comédia Romântica
Classificação Etária: 12 anos
Data de Lançamento: 12 de Julho de 2018
Tempo de Duração: 1h 40min
Direção / Roteiro: Michael Suscy, Jessy Andrews
Produção: FilmWave, MGM

Elenco: Angourie Rice (Rhiannon), Justice Smith (Justin), Jeni Ross (Amy)

Sinopse: A tem o incrível poder de acordar todos os dias em um corpo diferente, independente de gênero, cor ou idade. E deve se adaptar a seu novo corpo, ainda que somente por um dia. Mas sua triste rotina muda quando acorda no corpo de Justin e acaba se apaixonando pela namorada dele, Rhiannon (Angourie Rice). A sinopse oficial ainda não foi divulgada. 

 

Comentários

comentários