Disney-Pixar apresenta questões importantes em “Procurando Dory”

Será que estamos lidando bem com diferenças e limitações? Será que estamos ensinando nossas crianças sobre o respeito ao próximo? Após 13 anos ao lançamento da animação “Procurando Nemo”, de forma lúdica, a Disney-Pixar apresenta questões importantes em “Procurando Dory”.

Passando-se um ano, em que Dory ajudou Marlin a encontrar o seu filho Nemo, a confusa cirurgião-patela tem um insight e lembra-se de sua família. Com saudades, a peixinho azul arrasta Nemo e Marlin em uma aventura, para reencontrar os seus pais, onde enfrenta diversos perigos e esbarra com amigos novos e do passado.

PROCURANDO_DORY_DISNEY_PIXAR (4)

Dory é a protagonista da nova animação da Disney-Pixar

Andrew Staton (Divetida Mente – 2015 e Toy Story 3 – 2010 ) e Victoria Strouse (October Road – 2007) acertam com um roteiro, que equilibra bem a participação de cada personagem, mas que não deixa de focar na história de Dory e todas as suas dificuldades desde a infância. A beleza da animação está em, de forma leve, despretensiosa e sem impor uma lição de moral, nos levar à reflexão assuntos como o valor da amizade, o respeito ao próximo e suas limitações, sejam elas quais forem. Reflexões essas, que podemos a princípio, não dar muita importância ou não perceber, mas que estão intrínsecas no enredo e importantes para a formação de crianças que um dia serão adultas.  A direção conseguiu trabalhar bem essas questões e na apresentação de novos personagens.

Os diretores Staton e Anguns MacLane (Um Pequeno Grande Erro – 2011), com inteligência, inserem e desenvolvem os novos personagens, trabalhando pontualmente com um alívio cômico certeiro, cativando o espectador. É difícil destacar um novo personagem, porque o equilíbrio em suas participações é notório e seria injusto colocar um acima do outro, mas levando em conta, que assisti o material dublado, posso dizer que o polvo Hank, interpretado pelo humorista Antonio Tabet (Porta dos Fundos e Kibe Loco), é bem cativante e a dublagem foi muito bem executada.  Em se tratando de dublagem, Marília Gabriela como a voz da locutora do Instituto da Vida Marinha, presente na animação, foi hilária e utilizada mais uma vez pontualmente certeira.

PROCURANDO_DORY_DISNEY_PIXAR (9)

O polvo Hank ajudando Dory

A equipe da Disney-Pixar foi extremamente competente em manter a mesma qualidade visual de “Procurando Nemo”, proporcionando um deleite estético digno das produções do estúdio. É impressionante que a estética é praticamente a mesma de 13 anos atrás, mas que continua sendo atual e de muita qualidade.  A construção de cenas nos remete a uma realidade fotográfica impressionante.

“Procurando Dory” não causa tanto impacto quanto ao seu antecessor, mas é muito divertido, despretensiosamente ganha o seu espaço na categoria, traz uma reflexão leve e educativa às crianças, promove um nostálgico reencontro com personagens que marcaram uma geração e nos entrega um belo final.

Ficha Técnica

PROCURANDO_DORY_POSTERPROCURANDO DORY (Finding Dory)
Distribuidor/Produtora: Disney – Pixar
Gênero: Animação, Comédia e Aventura
Classificação Etária:Livre
Data de Lançamento: 30 de junho de 2016
Tempo de Duração: 1 h 35 min
Direção: Andrew Stanton e Angus MacLane
Roteiro: Andrew Stanton e Victoria Strouse
Trilha Sonora: Thomas Newman
Elenco: Ellen DeGeneres (Dory), Albert Brooks (Marlin), Idris Elba (Fluke), Kaitlin Olson (Irmã adotiva da Dory), Ed O’Neill (Hank), Eugene Levy (Charlie), Diane Keaton (Jenny), Ty Burrell (Bailey). (Elenco Original)
SINOPSE: 
Dory vive feliz nos corais com Marlin e Nemo cerca de um ano após a aventura que mudou suas vidas. Quando Dory repentinamente se lembra de que tem uma família em algum lugar que pode estar procurando por ela, ela recruta Marlin e Nemo para uma aventura que vai mudar suas vidas cruzando o oceano em direção ao prestigioso Instituto da Vida Marinha (IVM) na Califórnia, um centro de reabilitação e aquário.

 

Crítica | Procurando Dory
Roteiro
Direção
Elenco
Montagem
Efeitos Visuais
4.0Pontuação geral
Avaliação do leitor: (1 Voto)

Comentários

comentários