‘PEQUENO SEGREDO FOI O FILME ESCOLHIDO PARA REPRESENTAR O BRASIL NO OSCAR’

Filme que foi escolhido como representante do Brasil no Oscar, Pequeno Segredo vem sendo cercado por polêmica, mesmo antes de estrear nos principais cinemas do país. Lançado em Cannes com seus integrantes protestando contra o atual governo, Aquarius concorrente ao filme de David Schurmann era considerado favorito por muitos cineastas, gerando revolta entre eles e provocando resposta tanto do Ministério da Cultura, quanto da família Schurmann.

David Schurmman e Maria Flor nas filmagens do "Pequeno Segredo"

David Schurmman e Maria Flor nas filmagens do “Pequeno Segredo”

A família Schurmann ficou conhecida por suas aventuras velejando ao redor do mundo mostradas no programa “Expedição Oriente”. Foi a primeira família brasileira a dar a volta ao mundo em um veleiro. Na década de 80 partiram de Florianópolis e passaram dez anos velejando pelos oceanos Atlântico, Pacífico e Índico. São eles: Vilfredo SchürmannHeloísa Schürmann e seus filhos Pierre Schürmann, David Schürmann, Wilhelm Schürmann e Kat Schürmann (personagem principal em Pequeno Segredo).

O roteiro de o Pequeno Segredo é baseado em fatos reais. Os Schurmmans resolveram contar a própria história ou pelo menos uma parte importante dela. O fio condutor é a infância da filha adotiva de Heloísa (Julia Lemmertz) e Vilfredo (Marcello Antony), Kat (Mariana Goulart), que nasceu com HIV. O tema é interessante, ainda mais quando se descobre que parte da produção se passa no final da década de 90. O tratamento da doença era muito complicado nessa época. Vemos sequências não lineares na história, em que partes do presente e do passado se misturam. A técnica é bem utilizada, já que é preciso apresentas os fatos relevantes dos pais biológicos de Kat.

Maria Flor e Errol Shand são os pais biológicos de Kat na história

Maria Flor e Errol Shand são os pais biológicos de Kat na história

Entretanto, o excesso de cores e de drama faz com que o tema e a técnica não linear percam força durante os 108 minutos da história. O excesso de cores deixa o filme com muito mais cara de produção para televisão do que para o cinema. Ou seja, deixa as imagens muito artificias, o que colabora para o outro ponto fraco da trama, o excesso de drama. Já o elenco, com atores nacionais e estrangeiros tentam convencer em diálogos usando o português e o inglês. O resultado são falas truncadas e meio robotizadas. O contraste de cenários (Amazônia, Florianópolis e Nova Zelândia), apesar de serem muito bonitos causam também um pouco de estranheza. O fato se deve por serem muito diferentes um do outro e pela não linearidade das imagens.

Enfim, Pequeno Segredo é uma produção com um tema interessante, direção de arte e fotografia caprichadas. Porém peca em outros elementos. Sendo uma escolha política ou não, vai representar o Brasil em Hollywood. Sabemos que é muito cedo para dizer ainda, mas pelo que se tem visto em outros anos, é bem pouco provável que o filme da família Schurmann tenha chances sequer de estar entre os finalistas de filme estrangeiro no Oscar 2017.

Ficha Técnica

pequeno_segredoPEQUENO SEGREDO
Distribuidor/ Produtora: Diamonds Filmes
Gênero: Drama
Classificação Etária:
Data de Lançamento:  2016
Tempo de Duração: 108 minutos
Direção: David Schurmann
Roteiro: Marcos Bernstein, Victor Atherino
Produtores: João Roni e David Schurmann
Trilha Sonora: Antonio Pinto
Diretor de Fotografia: Inti Briones
Montador: Gustavo Giani
Diretora de Arte: Brigitte Broch

Elenco: Júlia Lemmertz (Heloísa Schurmann), Marcello Antony (Vilfredo Schurmann), Maria Flor (Jeanne), Erroll Shand (Robert), Fionnula Flanagan (Barbara), Mariana Goulart (Kat Schurmann).

Sinopse: Três histórias conectadas por um único segredo, abrangendo a primeira família brasileira a dar a volta ao mundo a bordo de um veleiro. Conhecidos por seus cruzamentos marítimos, os Schurmann guardaram por um longo tempo, a comovente história da adoção de Kat, falecida em 2006.

CRÍTICA | PEQUENO SEGREDO
Direção
Roteiro
Elenco
Fotografia
Direção de Arte
3.3Pontuação geral
Avaliação do leitor: (1 Voto)

Comentários

comentários