“Terror? Só se for para os fracos”

The Disappointments Room, título original, é classificado como gênero de terror, mas no fundo não passa de suspense um pouco mais pretensioso de D.J. Caruso. O diretor esteve presente em filmes do segmento, como, Paranóia (2007) e Eu Sou o Número Quatro (2011).

Em linhas gerais é contada a história de Dana, seu marido e o filho pequeno, que se mudam para uma casa gigante localizada em uma região rural. Tudo é aparentemente normal, mas no interior dela muitos segredos noturnos se escondem. É no sótão que a mãe descobre existir um fantasma que pede para ser libertado. O local, que fica trancado, é fonte aparente de fenômenos paranormais e esconde uma história macabra. O filme é fundamentado em fatos reais, envolvendo crianças nascidas com algum tipo de deficiência e como a sociedade do século XIX lidava com tal situação.

o_quarto_dos_esquecidos-3

Kate Beckinsale interpreta uma mãe atenciosa, bem-sucedida e arquiteta

O papel principal fica a cargo da atriz Kate Beckinsale (Anjos da Noite), que interpreta Dana, uma mãe atenciosa, bem-sucedida e arquiteta. Mas no decorrer do filme, demonstra algumas atitudes incoerentes e arriscadas em relação a sua família. É nessa narrativa, que a personagem principal tem o acaso de encontrar em seu caminho um espírito que tenta, a qualquer custo, um contato paranormal, levando Dana a um colapso psicológico que põe em risco sua vida e da sua família.

O marido David é interpretado pelo ator Mel Radio, presente em alguns filmes de terror e suspense, como Jogo dos Espíritos (2001) e Fora do Rumo (2005). Outro ator de destaque é Lucas Till, que esteve presente na última trilogia X-Men. O ator dá vida a Ben, um faz-tudo da pequena cidade e sedutor, que mexe intimamente com a personagem principal.

o_quarto_dos_esquecidos-4

Roteiro é clichê e, se você está à procura de um filme básico de suspense, tem mais uma opção para sua lista.

O roteiro é clichê e, se você está à procura de um filme básico de suspense, tem mais uma opção para sua lista. O roteirista é Wentworth Millerm, que manda super bem nas histórias escritas para as séries The Flash e Legends Of Tomorrow, ambas adaptações dos quadrinhos da DC. Já no longa, o roteiro se desenvolve com furos e sem surpresas.

A técnica utilizada em Quartos dos Esquecidos é bem executada, mas sem novidades. Nesse filme, podemos encontrar as cenas básicas de suspense, como uma câmera virada repentinamente, personagens levando sustos na floresta ou em algum cômodo da casa, principalmente à noite, e cenas com cortes rápidos, seguidas de uma trilha sonora tensa, que deixa o espectador apreensivo.

No geral, é mais do mesmo desse gênero que, cada vez mais, clama por obras de qualidade capazes de surpreender ao público. Quartos dos Esquecidos pode ser terror para os bem fracos, mas aqueles que buscam algo maior certamente se desapontarão.

Ficha Técnica

o_quarto_dos_esquecidos-1
O QUARTO DOS ESQUECIDOS (The Disappointments Room)
Distribuidor/ Produtora: Imagem Filmes
Gênero: Terror, Suspense
Classificação Etária:
Data de Lançamento: 24 de Novembro de 2016
Tempo de Duração: 1h 40min
Direção: D.J. Caruso
Roteiro: Wentworth Miller
Produtor: Geyer Kosinski
Trilha Sonora: Brian Tyler

Elenco: Kate Beckinsale (Dana), Mel Raido (David), Lucas Till (Ben), Duncan Joiner (Lucas), Gerald McRaney (Juiz Blacker), Michaela Conlin (Jules), Michael Landes (Teddy), Marcia DeRousse (Srta. Judith).

Sinopse
Dana e David formam um casal marcado por um trauma recente. Eles decidem sair da cidade grande e comprar um casarão abandonado numa área rural, junto do filho Lucas. Dana pretende usar seus conhecimentos como arquiteta para reconstruir o lugar e superar as dores passadas. Logo ela descobre a existência de um quarto escondido, que não constava na planta. Perguntando para moradores locais, percebe que muitas casas da região tinham um cômodo destinado a ocultar segredos de família.

CRÍTICA | O QUARTO DOS ESQUECIDOS
Direção
Roteiro
Elenco
Fotografia
Trilha Sonora
2.6Pontuação geral
Avaliação do leitor: (0 Votos)

Comentários

comentários