‘UM EXCELENTE PRESENTE DE NATAL ADIANTADO A TODOS QUE CRESCERAM AO LADO DE HARRY’

Os últimos nascidos na geração Y e os primeiros da geração Z devem se lembrar da primeira vez que tiveram contato com Harry Potter e o mundo mágico apresentado no livro Harry Potter e a Pedra Filosofal, originalmente lançado em 1997. Essa mesma geração se reúne hoje para revisitar esse mundo mágico.

Para apertar ainda mais a saudade, há exatamente 15 anos o primeiro filme estreava coletando crianças e jovens para acompanhar a vida do bruxinho que dá nome a saga. Além disso, fidelizou uma legião de fãs que mergulha em tudo relacionado ao mundo mágico que os personagens vivem.

animais-fantasticos-e-onde-habitam-3

Animais Fantásticos e Onde Habitam garante mais uma viagem nesse mundo de expelliarmus e wingardium leviosa

Em uma expansão do universo bruxo, a autora dos sete livros da saga Harry Potter, J.K. Rowling lançou em 2001 Animais Fantásticos e Onde Habitam sob o pseudônimo literário Newt Scamander. Também 15 anos depois, Newt encarna no excelente Eddie Redmayne em um filme que carrega o mesmo nome do livro e garante mais uma viagem nesse mundo de expelliarmus e wingardium leviosa e não leviosá.

A premissa do filme é extremamente infantil, de uma forma não legal, e gasta: o protagonista deslocado encontra acidentalmente ajudantes para realizar uma tarefa. Nesse caso é recuperar criaturas mágicas. Mas calma, esse cenário inicial do filme serve apenas de trampolim para uma história maior e de grande profundidade contra um grande vilão, Grindelwald, vivido por Johnny Depp, que teve uma participação muito rápida, mas impactante. O filme ensaia um plot twist que certamente falhará com os mais atentos, o que reforça o direcionamento infantil do longa, mas nada capaz de invalidar a história.

FTB933_FBST_DTR4 2911.tif

Filme bem coeso, com exceção, por incrível que pareça, da computação gráfica

O roteiro foi escrito pela maior entendedora de Harry Potter, a própria J.K. Rowling. O resultado é bem interessante para a veterana em literatura, mas estreante em scripts. A obra levanta questões sociais com extrema sutileza e pertinência a tudo que está sendo apresentado. Rowling trata temas, como, disseminação do ódio através de crenças e preconceito de forma leve. Na verdade, é válido creditar-se que toda a saga contém menções políticas sempre metafóricas, indiretas, mas pontuais e certeiras.

A história apresenta grande polaridade em diversos aspectos. Por exemplo, a direção de arte é facilmente dividida na criação de ambientes mais amistosos e claros contrastando com a obscuridade das cenas que envolvem bruxos praticantes de artes das trevas. Tudo segue essa ambivalência para melhor estruturação do “bem versus mal”.

As diversas referências à saga que todos conhecem são colocadas de diversas formas e não ficam perdidas no enredo em geral, pelo contrário, enriquecem o laço afetivo daqueles que se sentiam órfãos da história. A profundidade do novo enredo também vai se construindo através da ligação e interpretação dessas referências.

animais-fantasticos-e-onde-habitam-6

Filme nos leva à New York nos anos 20 e a caracterização foi impecável

O filme nos leva à New York nos anos 20 e a caracterização foi impecável. Não por apresentar um retrato fiel de uma cidade em plena expansão decorada com peças gigantes de art déco, mas por aliar esses elementos a uma identidade estética muito singular com toques de modernidade culminando em um visual diferente do apresentado nos filmes anteriores, mas que não causa estranheza em nenhum espectador.

A direção ficou por conta de David Yates, que dirigiu os quatro últimos filmes da franquia Harry Potter, e essa experiência se percebe na tela. O diretor se mostrou muito à vontade na árdua missão de transportar para o cinema figuras tão inéditas. Em questões técnicas se vê um filme bem coeso, com exceção, por incrível que pareça, da computação gráfica. Algumas cenas beiram a sensação de inacabadas contrapondo com momentos que parecem tirados da imaginação do espectador realizando uma fantasia visual.

animais-fantasticos-e-onde-habitam-5

Eddie Redmayne apresenta uma atuação satisfatória

O protagonista Eddie Redmayne, vencedor do Oscar 2015 pelo seu desempenho em A Teoria de Tudo (2014), apresenta uma atuação satisfatória e deixa claro que outras dimensões de seu personagem serão exploradas nos futuros filmes da nova série cinematográfica. Esse tom “introdutório” perdura pelo longa, mas nada que faça o filme vazio ou incompleto, afinal, um dos maiores acertos de Animais Fantásticos e Onde Habitam é entregar o necessário.

Os demais personagens são Tina e sua irmã Queenie, vividas respectivamente por Katherine Waterston e Alison Sudol, que apresentam atuações na medida. O alívio cômico fica por conta do ator Dan Fogler, que interpreta o trouxa Jacob Kowalski. Os destaques de atuação ficam no polo dark com Colin Farrell e Ezra Miller (que ano que vem aparecerá nas telonas como The Flash). A dupla interage através de uma relação misteriosa que remete de forma distorcida a uma interação entre senhor e servo.

Um filme mediano, mas que cumpre com excelência a função de entreter e divertir o público. Por mais “antiético” que seja, eu, como fã de Harry Potter, não posso deixar de registrar como o filme ativa lembranças esculpidas há mais de uma década. O longa soa como um excelente presente de Natal adiantado a todos que cresceram ao lado de Harry, Hermione, Rony e todos os outros personagens. As lágrimas de muitos com Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 2 (2011) hoje dão espaço ao sorriso e ao entorpecimento pela nostalgia.

Ficha Técnica

animais-fantasticos-e-onde-habitam-2
ANIMAIS FANTÁSTICOS E ONDE HABITAM (Fantastic Beasts and Where to Find Them)
Distribuidor/ Produtora: Warner Bros.
Gênero: Aventura, Fantasia
Classificação Etária: 12 anos
Data de Lançamento: 17 de Novembro 2016
Tempo de Duração: 2h 13min
Direção: David Yates
Roteiro: J.K. Rowling
Produção: David Heyman, J.K. Rowling, Steve Kloves, Neil Blair, Rick Senat
Fotografia: Philippe Rousselot
Montagem: Mark Day
Trilha Sonora: James Newton Howard

Elenco: Eddie Redmayne (Newt Scamander), Katherine Waterston (Porpentina Goldstein), Dan Fogler (Jacob Kowalski), Alison Sudol (Queenie Goldstein), Colin Farrell (Percival Graves), Ezra Miller (Credence), Samantha Morton (Mary Lou Barebone), Jon Voight (Henry Shaw, Sr.), Gerardo Johnny Depp (Grindelwald)

Sinopse:

O excêntrico magizoologista Newt Scamander (Eddie Redmayne) chega à cidade de Nova York levando com muito zelo sua preciosa maleta, um objeto mágico onde ele carrega fantásticos animais do mundo da magia que coletou durante as suas viagens. Em meio a comunidade bruxa norte-america, que teme muito mais a exposição aos trouxas do que os ingleses, Newt precisará usar todas suas habilidades e conhecimentos para capturar uma variedade de criaturas que acabam fugindo.

CRÍTICA | ANIMAIS FANTÁSTICOS E ONDE HABITAM
Direção
Roteiro
Elenco
Efeitos Visuais
Satisfação dos Fãs
4.0Pontuação geral
Avaliação do leitor: (2 Votos)

Comentários

comentários