CRÍTICA | A ÚLTIMA RESSACA DO ANO
Direção
Roteiro
Elenco
Fotografia
Trilha Sonora
3.4Pontuação geral
Avaliação do leitor: (0 Votos)

Festas de fim de ano da empresa. Quem nunca passou por isso? Amigo oculto, gincanas sem graças e a presença do chefe. Não importa a companhia que você trabalha, esses são os elementos obrigatórios em confraternização de fim de ano.

O último filme do ano da Paramount prova que festas de fim de ano na empresa podem sim ser animadas e ir muito além dos tradicionais ”amigo oculto”. Com Jennifer Aniston no elenco, o filme A Última Ressaca do Ano, conta a história de Clay (T.J Miller – Deadpool, Como Treinar o Seu Dragão) e Operação Big Hero) e Carol (Jennifer Aniston – Friends, Cake – Uma Razão Para Viver e O Maior Amor do Mundo), dois irmãos que disputam o controle da empresa de tecnologia herdada pelo pai morto. Clay precisa assinar um contrato milionário com o empresário Walter (Courtney.B.Vance – A Caçada do Outubro Vermelho e Law &Order: CrimindIntent), a fim de salvar a organização e se garantir no poder. Pretende impressionar o novo cliente organizando a mais louca festa de natal que já aconteceu dentro de uma empresa.

Festas de fim de ano na empresa podem ser animadas e ir muito além dos tradicionais ”amigo oculto”

Os diretores Will Speck e Josh Gordon, que já dirigiram Jennifer Aniston e Jason Bateman no filme Coincidência do Amor (2010), se juntam em mais uma comédia, dessa vez, sem o foco do romantismo. Um filme que investe em piadas de bom gosto, sem a menor censura, com críticas ao conservadorismo, bem diferente dos filmes de comédias brasileiras. Outro acerto da direção foi a escolha dos atores. Todos envolvidos e acostumados a com produções de comédia, elevando ainda mais a qualidade do roteiro. Simples, mas bem escrito por Laura Solan e Justin Malen.

Jason Bateman, T.J Miller, Courtney B. Vance, Olivia Mun e Kate McKinon, apresentam a sua face mais engraçada, sendo ajudados pelas boas piadas do roteiro. Jennifer Aniston como sempre impecável, com um papel que não costuma fazer, mesmo em filme de comédia. Durante toda a produção a personagem de Jennifer se demonstra séria, sem deixar de ser engraçada. Típico de uma atriz com a sua qualidade.

Jason Bateman, T.J Miller, Courtney B. Vance, Olivia Mun e Kate McKinon, apresentam a sua face mais engraçada.

Se tratando de um filme natalino, logo pensamos em uma trilha sonora monótona e chata, mas isso passou longe dessa produção. Com uma base totalmente eletrônica, são bem sucedidas remixagens de músicas natalinas. Quebrando mais uma vez o paradigma das produções de natal.

A fotografia também é de qualidade, assim como os outros aspectos do filme. Mas se mantêm linear, sem nenhuma novidade e sem chamar muita atenção, bem típico de produções de comédias. A Última Ressaca do Ano traz um novo olhar para um tipo de filme que não é muito atraente para o grande público, quebrando o modo de como vemos uma festa de natal.

Ficha Técnica


A ÚLTIMA RESSACA DO ANO (Office Christmas Party)
Distribuidor: Paramount Pictures
Gênero: Comédia
Classificação Etária: 16 anos
Data de Lançamento: 08 de novembro de 2016
Tempo de Duração: 1h e 46 minutos
Direção: Will Speck, Josh Gordon
Roteiro: Laura Solon, Justin Malen
Produção: Scott Stuber, Guymon Casady, Will Speck, Josh Gordon, Richard Vane
Direção de Fotografia: Jeff Cutter
Trilha Sonora: Miles Joris-Peyrafitte
Montador: Jeff Groth
Diretor de Arte: Joshua Owens

Elenco: : Jennifer Aniston (Carol), Jason Bateman (Josh), Olivia Munn (Tracey), T.J. Miller (Clay), Kate McKinnon (Mary), Jamie Chung (Meghan), Matt Walsh (Ezra), Courtney B. Vance (Walter).

Sinopse:

Com a morte recente do pai, os irmãos Clay (T.J. Miller) e Carol Vanston (Jennifer Aniston) disputam o controle da empresa de tecnologia por ele criada. Presidente da companhia, ele é ameaçado por ela, CEO, que planeja inclusive demitir todos os funcionários. Visando impressionar um novo cliente que pode representar sua garantia no poder, Clay pede que seu braço direito, Josh (Jason Bateman), organize uma espetacular festa de Natal.

Comentários

comentários