‘CRÍTICO SÓ GOSTA DE FILME CULT?!’

Sabe aquela pergunta ou comentário clássico que você já ouviu várias vezes a respeito do seu trabalho, estilo de vida ou o que quer que seja? Nós, críticos, também temos uma listinha dessas. Por isso a tripulação do CineSideral reuniu algumas dessas questões mais comuns  sobre o que fazemos para você entender melhor o nosso trabalho!

Como funciona?
A maior parte dos fãs de cinema não sabe como funciona o sistema de cabine de imprensa, e essa é uma das perguntas que mais ouvimos quando comentamos o que fazemos. É bem simples: o site ou veículo recebe um e-mail da assessoria do filme, avisando data, hora e local da exibição para a crítica especializada, e envia a confirmação com o nome do crítico que irá à sessão. Geralmente as cabines acontecem de manhã, em dias de semana, e ocorrem algum tempo antes da estréia do filme (pode ser no dia anterior ou semanas antes). As sessões acontecem normalmente, nas mesmas salas de cinema que você frequenta! E não é só assistir! Pesquisamos sobre o filme e a equipe que o produziu também, e assim podemos entregar uma análise mais completa para os fãs de cinema.

Não é só assistir! Pesquisamos sobre o filme e a equipe que o produziu também.

Filme de graça? Eu quero!
Esse é um dos comentários que mais ouvimos. “Ah, como é boa, a vida do crítico! Vê tudo antes de todo mundo, se diverte, come pipoca…!” Não! Como críticos, não podemos nos limitar apenas aos filmes que nos interessam. Temos nossas preferências pessoais, claro, mas procuramos não nos restringir a um estilo ou gênero. E isso é ótimo! Assim, aprendemos a ampliar nossos gostos e descobrir novos interesses.

Mas deve ser divertido!
Quando amamos o que fazemos, tudo fica mais divertido. Ainda assim, não vamos ao cinema apenas como fãs da sétima arte. Estamos prontos para perceber detalhes técnicos e avaliar a qualidade da produção em geral. Vemos o filme com outros olhos.

Enciclopédia ambulante
“Como assim você é crítico de cinema e não viu esse filme praticamente desconhecido de um diretor dos confins da Finlândia?”. Pode parecer surpreendente para você, mas não é porque trabalhamos na área que conhecemos cada filme, diretor ou ator, ou podemos dar palestras sobre cada gênero com propriedade. Somos críticos, e não enciclopédias cinematográficas ambulantes. Então já sabe. Nada de arregalar os olhos com ar de horror quando não conhecermos ou não lembrarmos de algo.

Nosso objetivo é dar um ‘feedback’ legal para os fãs de cinema.

Já viu todas as estreias, né?
Essa é uma variante da enciclopédia ambulante. Não temos acesso a todas as cabines de imprensa, e, portanto, não assistimos a todos os lançamentos antes de todo mundo. Também não temos tempo de ir a todas as disponíveis, e na maioria das vezes só podemos enviar uma ou duas pessoas de cada veículo por sessão. No CineSideral, por exemplo, temos uma equipe de aproximadamente 10 pessoas, e dividimos o trabalho para que possamos assistir ao maior número de filmes e dar um ‘feedback’ legal para os fãs de cinema.

Crítico só gosta de filme cult
Não. Como em tudo na vida, temos gostos variados, e cada um tem os gêneros e estilos de sua preferência, inclusive aqui no site.

Bônus: Leitor revoltado
Antes de tudo, o respeito é fundamental. O fã de cinema tem todo o direito de não gostar ou não concordar com a nossa crítica, mas se não o fizer de forma educada não contribui para um debate interessante. Além disso, o que fazemos é apenas avaliar o filme de acordo com nossas impressões para que o público tenha uma ideia do que está por vir, e entendemos que nem sempre o que agrada a um irá agradar ao outro. Isso acontece, inclusive, entre nós mesmos. Portanto, leia/assista nossas críticas, assista aos filmes e sinta-se livre para debater com críticos e fãs. Sempre com respeito e consciência de que ninguém é obrigado a concordar com alguma ideia, seja ela sua ou do crítico.

Comentários

comentários