NETFLIX | WET HOT AMERICAN SUMMER: FIRST DAY OF CAMP - TEMPORADA 1 (CRÍTICA)
Direção
Roteiro
Elenco
Fotografia
Figurino
4.1Pontuação geral
Avaliação do leitor: (0 Votos)

‘PREQUEL USA MESMA FÓRMULA, ATORES E ÓTIMAS CENAS DA COMÉDIA DE 2001’

Mais Um Verão Americano, comédia satírica de 2001, ganhou um prequel pra lá de divertido em 2015. Inicialmente previsto para ser um filme, depois de um tempo, foi confirmado o desenvolvimento de uma websérie da Netflix, intitulada Wet Hot American Summer: First Day of Camp (Mais Um Verão Americano: Primeiro Dia de Acampamento, em tradução livre). A obra volta a ser dirigida por David Wain, mesmo diretor do filme original, e conta como foi o primeiro dia de acampamento dos personagens. O interessante aqui, além de um plus da história de 2001, é o retorno dos atores da época, que fazem papel de adolescentes sendo quase 15 anos mais velhos, e o resultado é hilário.

Com a mesma pegada satírica do filme de 2001, a websérie acompanha os jovens monitores cuidando de um grupo de crianças. No decorrer dos 8 episódios, o primeiro dia é cheio de situações engraçadas e sem noção. Com elementos de ação –

a cena de luta com cortes secos é eficiente -, tramas bem elaboradas, laços românticos, e o drama na medida certa, não tiram a identidade original apresentada no filme. A fotografia segue na temática dos anos 80: colorido e cheio de vida. Um ponto positivo também é a ótima trilha sonora oitentista, composta por grandes nomes da época como Jefferson Starship, Quarterflash, Rick Springfield e Loverboy, o que ressalta ainda mais a sensação “obra certa, tempo errado.”

A atuação dos grandes nomes do cinema atual é divertida e natural – mesmo com a carga exagerada. Bradley Cooper (Sniper Americano, 2014), Jeneane Garofalo (24 Horas, 2001 – 2010), Chris Pine (Operação Sombra, 2014), Elizabeth Banks (Jogos Vorazes, 2012 – 2015), Christopher Meloni (True Blood,  2008 – 2014), Amy Poehler (Divertida Mente, 2015 ), Paul Rudd (Homem-Formiga, 2015) entre outros dão um show e se divertem nos papéis.

A proposta aqui é recriar o mesmo ambiente do filme de 2001, mas quase 15 anos depois, ou seja, os atores já não estão na forma física perfeita para os papéis. Portanto, o figurino ousado e extravagante fica apertado nos astros, tornando a obra ainda mais descontraída. Somado ao roteiro inconveniente – no bom sentido – de Wain e Michael Showalter (Mais Um Verão Americano, Hello, My Name Is Doris), os personagens conseguem passar a sensação de identificação com o telespectador que assiste. Há sempre um que diz: “nossa, parece comigo!”, ou: “já fui muito assim na minha adolescência”. Ponto pra Wain nesse quesito.

Wet Hot American Summer : First Day of Camp é mais uma aposta da Netflix que deu certo. Tanto os jovens quanto os mais velhos, especialmente os que viveram a adolescência nos anos 80, irão adorar essa obra. Com tantas séries futuristas e caras recentemente, voltar no tempo de vez em quando parece fazer bem.

Ficha Técnica


WET HOT AMERICAN SUMMER: FIRST DAY OF CAMP
Distribuidor: Netflix
Gênero: Comédia
Classificação Etária:
Data de Lançamento:  31 de julho de 2015
Tempo de Duração: 30 minutos
Direção: David Wain
Criadores: David Wain, Michael Showalter
Produtores: David Wain, Michael Showalter, Howard Bernstein, Jonathan Stern, Peter Principato

Elenco: Janeane Garofalo  (Beth), Paul Rudd  (Andy), Bradley Cooper  (Ben), Amy Poehler  (Susie), Elizabeth Banks  (Lindsay), Christopher Meloni  (Gene), Molly Shannon  (Gail von Kleinenstein), Jason Schwartzman  (Greg), Marguerite Moreau  (Katie), Michael Showalter  (Gerald “Coop” Cooperberg / Alan Shemper), David Hyde Pierce  (Henry Newman), Ken Marino  (Victor Pulak), Michael Ian Black  (McKinley Dozen), H. Jon Benjamin  (Mitch), Zak Orth  (J.J.), A.D. Miles  (Gary), Kevin Sussman (Steve), Joe Lo Truglio  (Neil), Judah Friedlander  (Ron Von Kleinenstein), Chris Pine  (Eric), Jon Hamm  (Falcon), Kristen Wiig  (Courtney), Michaela Watkins  (Rhonda), John Slattery  (Claude Dumet), Josh Charles (Blake), Randall Park (Jeff), Jayma Mays (Jessica), Lake Bell  (Donna), Paul Scheer (Dave), Rob Huebel (Brodard Gilroy), Richard Schiff (Dean Fairchild).

Sinopse:
Com oito episódios, a minissérie será um prequel do filme homônimo de 2001 – Mais um Verão Americano.  A história se passa três meses antes dos acontecimentos do longa.

Comentários

comentários