‘DE ONDE VÊM OS BEBÊS?’

Ainda não tive a experiência fantástica de ser pai, portanto, nunca passei por situações inusitadas que somente os pais têm a oportunidade (ou não) de vivencia-las com seus filhos. Porém, nem por esse motivo, sou um desconhecedor de histórias hilárias em que filhos deixam seus progenitores desconcertados, porque além do mais, sou um filho e também deixei meus pais em situações embaraçosas com perguntas, como: “De onde vêm os bebês?”.  Justamente nessa direção, “Cegonhas: A História Que Não Te Contaram” trata de forma pueril e inusitada, mas sutilmente leva o espectador adulto à reflexão, temas que permeiam o atual ambiente familiar.

STORKS

A animação apresenta a história de cegonhas que abandonaram o ramo de entrega de bebês e se tornam uma mega empresa de entregas de produtos comprados na web (tipo Amazon). Junior é a cegonha que mais se destaca e recebe uma oferta de promoção, mas para isso ele terá que praticamente se livrar da órfã Tulipa, a qual não foi entregue a seus pais, não se encaixa aos padrões do local e completou a maioridade. Júnior não tem coragem de demitir a humana e a esconde no setor de cartas da extinta fábrica de bebês. Algo errado acontece e Tulipa recebe a carta de um garotinho, que nunca tem atenção de seus pais e deseja ter um irmão.  Acidentalmente ativa a fábrica e agora terão que sair em uma verdadeira aventura para entrega de um bebê à sua respectiva família.

O Roteiro e Direção ficaram a cargo de Nicholas Stoller (Muppets 2 – Procurados e Amados – 2014), que recebeu a parceria de Doug Sweetland (Presto – 2008), na direção. Stoller consegue pontuar temas em sua história de maneira bem leve, onde crianças não encontram tanta complexidade em entender e sutilmente dá um “tapa na cara” dos adultos, apresentando uma reflexão sobre a valorização do tempo, preconceito, abandono, amizade e com uma pergunta no ar: “Qual é a sua verdadeira vocação?”. É muito interessante ver o roteiro abordando a mensagem que talvez corremos muito atrás de um objetivo visando apenas status social em detrimento a nossa felicidade, abandonando assim nossa vocação, que em alguns casos possa simplesmente ser pai ou mãe.  Sweetland e Stoller conseguiram imprimir um ótimo ritmo em sua direção, tornando a história divertida, com alívios cômicos certeiros e fica claro que o feeling no trabalho de pesquisa para essa animação foi pontualmente grato. Outro ponto é que os diretores conseguiram organizar as tramas muito bem, tornando-as independentes e ao mesmo tempo interligadas.

STORKS

Tecnicamente, segue o padrão de grandes produções em animações, mas vale ressaltar o trabalho visual que foi primordial para transmitir a essência do filme de forma bem lúdica. Os planos foram bem utilizados, tanto nos closes, tanto nos abertos, privilegiando momentos de bela Fotografia em conjunto com Montagem que proporcionou dinâmica bem agradável em várias cenas de ação. Um destaque para a dublagem brasileira fica para Kléber Toledo (Vai que Cola – O Filme – 2015). Sempre é algo duvidoso, na dublagem, ter um ator de teledramaturgia, tendo em vista que o Brasil é tomado por ótimos dubladores profissionais, mas Toledo consegue se sair muito bem e sua voz casou perfeitamente com as características do seu personagem.

“Cegonhas: A História Que Não Te Contaram” chega de forma despretensiosa, mas pode entrar para seleto grupo das grandes animações do Cinema. Tem uma história bem construída, divertida e traz uma ótima mensagem para o público infantil e adulto. Vale a pena pagar o ingresso e assistir.

Ficha Técnica

cegonhas-a-historia-que-nao-te-contaram-3
CEGONHAS: A HISTÓRIA QUE NÃO TE CONTARAM (Storks)
Distribuidor/ Produtora: Warner Bros.
Gênero: Animação, Aventura, Comédia
Classificação Etária:  Livre
Data de Lançamento:  22 de setembro de 2016
Tempo de Duração: 1h 29 min
Direção: Nicholas Stoller, Doug Sweetland
Roteiro: Nicholas Stoller 
Produtores: Nicholas Stoller, Brad Lewis, Glenn Ficarra, Phil Lord, Christopher Miller, John Requa, Jared Stern
Trilha Sonora: Jeff Danna, Mychael Danna

Elenco Dublagem: Klebber Toledo  (Junior), Tess Amorim (Tulipa), Marco Luque (Pombo Luke)

Sinopse:

Todo mundo já sabe de onde vêm os bebês: eles são trazidos pelas cegonhas. Mas agora você vai conhecer a mega estrutura por trás desta fábrica de bebês: na verdade, as cegonhas controlam um grande empreendimento que enfrenta muitas dificuldades para coordenar todas as entregas nos horários e locais certos.

CRÍTICA | CEGONHAS: A HISTÓRIA QUE NÃO TE CONTARAM
Direção
Roteiro
Dublagem
Trilha Sonora
4.1Pontuação geral
Avaliação do leitor: (1 Voto)

Comentários

comentários