‘BASEADO NO CONTO “STORY OF YOUR LIFE”, “A CHEGADA” TEM NO ROTEIRO SUA PRINCIPAL VIRTUDE’

O que aconteceria se você soubesse como você vai morrer, quando você vai morrer? Qual seria a sua relação com a vida, o amor, a sua família e amigos, e com a sua sociedade? Reflexões como essas são encontradas no interessantíssimo filme: A Chegada (The Arrival), dirigido por Denis Villeneuve (Incêndios, Os Suspeitos, Sicário: Terra de Ninguém) e roteirizado por Eric Heisserer (Premonição 5, Quando as Luzes se Apagam).

1_aflwv4m

A Chegada (The Arrival) é dirigido por Denis Villeneuve e roteirizado por Eric Heisserer

Eric se baseou em um conto chamado Story of Your Life, de Ted Chiang para escrever a história, que mistura drama e ficção científica. No vídeo vemos misteriosas naves espaciais aterrissando em todo o mundo e uma equipe liderada pela linguista Louise Banks (Amy Adams) e o físico Ian Donnely (Jeremy Renner)  investigando o que está acontecendo. Ao mesmo tempo é mostrado fragmentos da vida pessoal de Louise (relação da linguista com a filha), que vão se conectando à chegada dos extraterrestres.

Podemos destacar na história várias questões interessantes. A ciência e como a humanidade vem lidando com isso atualmente; A abertura para o que é novo e novas descobertas; A comunicação sendo realizada de forma diferente; A importância do trabalho em equipe. Porém, o que mais chama atenção é o “Tempo” em nossas vidas, o olhar sobre a humanidade e os sentimentos que não são demonstrados em nosso dia a dia.

Diferente de grandes produções que abrangem histórias do gênero, A Chegada tem no roteiro a sua principal virtude. Sem efeitos especiais extraordinários e com cenas e diálogos muito bem construídos, temos uma produção muito acima da média, se tratando de filmes de invasão de alienígenas. Outra virtude do filme é a leveza e delicadeza da fotografia. Como o próprio diretor de fotografia (Roger Deakins) disse, temos a sensação em várias cenas que a história estava acontecendo numa manhã chuvosa de terça-feira.

A fotografia é um dos pontos altos do filme

A fotografia é um dos pontos altos do filme

A direção de Denis Villeneuve capta momentos únicos, tanto no drama, quanto na ficção científica da história. Percebe-se claramente a diferença de câmera  na relação de Louise com a filha, e na investigação sobre as naves que chegaram ao planeta. O diretor, também, consegue imprimir em certas horas um suspense que não é característico de filmes desse tipo e a trilha sonora (Jóhann Jóhannson) é parte fundamental para que o suspense funcione tão bem no vídeo. É preciso destacar, também, a montagem (Joe Walker) da produção. A estrutura não linear é fundamental para não tornar a história muito didática e nos surpreender quando acontece a virada de roteiro perto do final da história.

Não poderia também deixar de citar Amy Adams (Louise Banks). A atriz, que pode ser vista em várias produções ultimamente, além de estar mais bonita do que nunca, faz um excelente trabalho como protagonista da história. Gestos, diálogos, expressões são muito bem apresentados em cena. Jeremy Renner (Ian Donnely) tem também boa atuação, mas diante do desempenho de Amy, acaba ficando como coadjuvante na história.

A produção não chega com tanto hype nos cinemas, não tem efeitos especiais tão poderosos como em outras produções, porém, faz o certo. Foca no roteiro e que roteiro.  Diante disso, arrisco dizer que o filme tem tudo para concorrer em algumas categorias do Oscar. Direção, roteiro adaptado e atriz principal. A Chegada é um excelente filme, muito acima da média em histórias do gênero.

Ficha Técnica

236-a-chegada-2-tb

A CHEGADA (Arrival)
Distribuidor/ Produtora: Sony Pictures
Gênero: Ficção Científica, Drama, Suspense
Classificação Etária:
Data de Lançamento: 24 de Novembro de 2016
Tempo de Duração: 116 minutos
Direção: Denis Villeneuve
Roteiro: Eric Heisserer
Produtores: Shawn Levy, Dan Levine, David Linde, Eric Heisserer, Dan Cohen, Tory Metzger
Direção de Fotografia: Roger Deakins
Trilha Sonora: Jóhann Jóhannsson
Montador: Joe Walker

Elenco:  Amy Adams (Dra. Louise Banks) , Jeremy Renner (Ian Donnelly) , Forest Whitaker (Coronel Weber) , Michael Stuhlbarg (Coronel Weber), Mark O’Brien (Capitão Marks), Tzi Ma (General Shang)

Sinopse: 

Quando seres interplanetários deixam marcas na Terra, a Dra. Louise Banks (Amy Adams), uma linguista especialista no assunto, é procurada por militares para traduzir os sinais e desvendar se os alienígenas representam uma ameaça ou não. No entanto, a resposta para todas as perguntas e mistérios pode ameaçar a vida de Louise e a existência de toda a humanidade.

CRÍTICA | A CHEGADA
Direção
Roteiro
Elenco
Fotografia
Trilha Sonora
Montagem
5.0Pontuação geral
Avaliação do leitor: (1 Voto)

Comentários

comentários